Make your own free website on Tripod.com

O Grão...

      Era uma vez um grão de areia que era um tremendo sonhador.

      Ao contrário dos seus outros amigos grãos, ele não ficava olhando para o patinha dos carangueijos, o que ele gostava mesmo, era de olhar lá para cima, lá para as estrelas do céu. E, entre todas elas, tinha uma que chamava a atenção. Ela tinha um brilho todo especial e parecia brilhar para ele.

      Na verdade o grãozinho estava apaixonado por aquela estrela e, sabe como é, quando a gente ama alguém, esta fica sendo a pessoa mais diferente do mundo!

      A estrela, lá do seu lado, tão distante também tinha se apaixonado pelo grãozinho, mas o problema é que eles estavam muito, mas muito longe um do outro. O que ela podia de vez em quando, era jogar um brilho muito especial.

      Eu sei que isto parece um problema insolúvel, mas o que é legal nas histórias, é que mesmo os problemas mais difíceis , sempre são resolvidos...

      Acontece que todo mundo do mar já tinha ouvido falar na paixão impossível do grão de areia pela estrela. E a noticia correu... Correu...

      Correu os mares e chegou no ouvido de Netuno, o Rei dos Mares.

      Neturno ficou com tanta pena do grãozinho, que mandou chama – lo em sua presença. O grãozinho foi.

Chegando lá, o Neturno perguntou assim:

- Meu pequenino grãozinho de areia, você gostaria que eu trouxesse a sua amada para viver pertinho de você?

No momento que o grãozinho respondeu:

- Não há nada que eu queira mais no mundo!

O Rei Neturno gritou tão alto, que o mundo inteiro ouviu, e ele falou:

- Estrela, Estrelinha, se você também quer ficar junto com o grãozinho, pode saltar, por amor ele vai te segurar...

E ela saltou. Você já deve ter ouvido falar da Estrela Cadente... 

Então, dizem que aquela foi a primeira.

      A Estrelinha pulou lá de cima do céu e foi caindo, caindo, caindo e quando ela foi chegando pertinho do mar, o grãozinho pulou e tentou pegá – la no colo, para que ela não se machucasse ou se afogasse...

      Só que o impacto foi tão grande que os dois se fundiram num só corpo... Então surgiu a estrela do mar....